quarta-feira, 13 de abril de 2011

Pérolas


Dá pra imaginar que lá no fundo do mar as pérolas são produtos da dor? São resultados da entrada de uma substância estranha ou indesejável no interior da ostra , como um parasita ou um grão de areia.


As pérolas são resultado de um demorado trabalho das ostras. As ostras são moluscos, essas conchas são formadas por nácar (uma mistura orgânica de camadas de conchiolina, calcite e carbonato de cálcio cristalizado). Pois bem, o nácar serve como defesa contra os dejetos prejudiciais. Quando uma ostra é invadido por um grão de areia, é causado uma dor e irritação no animal. Como forma de proteção desta irritação, a ostra começa a cobrir aquele grãozinho de areia com nácar. Com o passar do tempo são sendo depositadas muitas e muitas camadas de nácar, o que acaba por ocasionar a formação de uma pérola.

Conheci essa história em São Francisco do Sul/SC a uns 2 meses, achei interessante.
Aplicando isso pro dia-a-dia; constantemente somos atacados por "dejetos" que nos irritam, nos deixam com raiva, chateados, em fim.
Mas a natureza de Deus é tão perfeita que nos permite trazer essas experiencias para a vida humana!
Apocalipse 3:8 diz: Conheço as suas obras. Eis que coloquei diante de você uma porta aberta que ninguém pode fechar. Sei que você tem pouca força, mas guardou a minha palavra e não negou o meu nome. 


Amigos, Jesus está a sua espera!!






Nenhum comentário:

Postar um comentário